• Crônicas

    Cinema

    Entrar numa sala de cinema nunca é uma decisão que eu tomo de forma displicente. Primeiro porque o ingresso não é barato, segundo porque os dias e as noites estão tão corridos que não posso mais me dar o luxo de gastar duas horas da minha vida numa bobagem. Tem que ter um propósito. E, invariavelmente, as minhas ultimas idas ao cinema têm apenas um propósito: me distrair. Eu não escolho mais assistir filmes tristes. Eu não escolho mais filmes dramáticos cotados ao Oscar. Eu quero aquele filme comédia romântica que vai me fazer ficar nas nuvens por uma hora e meia. Eu quero aquele filme de magia que vai…

  • Contos

    A única certeza

    Há momentos da vida em que é preciso ter a sensação que você está prosperando, indo de encontro a tudo o que lhe prometeram e lhe é cabido. Mas quando você rema, rema e não sai do lugar, como lidar? Foi assim que Fabrício estava se sentindo depois de ter recebido um telefonema que o deixou sem chão por alguns segundos. Aquele estava sendo um dia exaustivo, ele passou a manhã numa reunião improdutiva que só lhe rendeu um pensamento “quanto dinheiro parado”. Foi ideia dele chamar o cliente para conversar porque não era possível que o pagador estava “teimando em fazer errado”. Queria explicar a melhor forma de resolver…

  • Contos

    Quando você já quer o novo

    Seu aniversário é daqui a algumas semanas, mas sua mãe já comprou seu presente. É um sapato que você vem namorando há algum tempo. Já guardou fotos e mais fotos dele no seu celular, no seu painel de Pinterest, e finalmente ele é seu — mas só daqui a algumas semanas. Por enquanto ele fica embalado numa caixa esperando o grande dia. Por enquanto você pode apenas tirar o sapato da caixa e provar por alguns minutos. Quem sabe ele combina com a roupa que você vai vestir para ir ao trabalho hoje? Você imagina, veste a roupa, vai onde a caixa está guardada, calça o sapato em frente ao espelho e…

  • Inspire pessoas

    Bom para o fim de semana

    Como vai ser o seu fim de semana? Eu tenho programado alguns filmes no cinema (“Uma família de dois” e “Um instante de amor”) e estudar técnicas de negociação, porque venho descobrindo que sou péssima nisso. Depois de um fim de semana de descobertas até pessoais, em São Paulo, eu não estou com vontade de descansar e vou usar esse fim de semana para aprender mais. Com filmes, textos e amizades. Quanto às amizades, deixo aqui as minhas contribuições, o que eu posso oferecer para você, de inspirações para o seu fim de semana. Vamos começar com: Quantos eclipses solares vocês vão ver na vida?