• Crônicas,  Redes sociais

    Alguém igual

    Sem conseguir dormir, Flavinha passeava pelo feed do Instagram às duas da madrugada, quando se deparou com um meme que lhe provocou uma gargalhada desgovernada. Queria compartilhar com alguém, mas quem? Ultimamente estava bastante afastada das amigas da faculdade, só trabalhava e voltava para casa. Sua mãe não iria entender. Seu namorado poderia levar para o lado pessoal. Ficou angustiada, não tinha para quem enviar a piada. Acabou mandando para uma colega de trabalho com quem se dava ultimamente e compartilhava o mesmo humor. Não eram próximas, mas ela riria. Foi aí que a madrugada pareceu não ter fim. A moça pensou que volta e meia sentia-se sozinha, por mais…

  • Comportamento,  Crônicas

    Memórias felizes

    Dia desses eu acordei cedo com a cabeça cheia de problema e vim pro sofá da sala pra não te acordar. Depois de cinco minutos você despertou ainda com sono e me procurou pela casa, deitou no sofá ao meu lado e voltou a dormir. Aí eu pensei, pra que porra eu estou estressada com a vida se eu tenho isso aqui?

  • Contos

    Nunca peça desculpas por como conseguiu sobreviver

    Relacionamentos ficam melhores com o tempo. Não porque as coisas se ajustam e os problemas vão embora. Mas porque depois de um tempo convivendo com a pessoa amada, você aprende (ou deveria) a conhecer melhor aquela pessoa e passa a entender como se dão as situações de crise. Passando por um bom número de situações de crise e continuando com o mesmo relacionamento por vontade própria, você desenvolve (ou deveria) auto-estima suficiente para aceitar os defeitos e mal-feitos  do outro, sem se sentir diminuído, ainda que machucado.

  • Crônicas

    Dias de alegria

    Eu sonhei que a gente estava morando juntos e montando uma casa. A gente escolhia os móveis e como cada coisa ficaria disposta ali naquele apartamento alugado. Primeiro a gente trouxe a minha cama de casal, as nossas TVs e a sua coleção de canecas. Depois a gente comprou uma estante para a sala e os eletrodomésticos. Então, eu cozinhava e você lavava os pratos e elogiava a minha comida. A gente não tinha descanso. Todo dia era algo para arrumar e resolver da casa nova, mas a gente estava feliz.

  • Crônicas

    Uma teoria

    Só podemos nos permitir ter aquela sensação de pertencimento a algo, como um grupo de amigos, de trabalho, de estudos. Os amores devem ser enxergados como possibilidades, sempre, e não como pertencimento. Mesmo casados, dividindo uma casa e uma família. Os amigos não têm medo de perder outras oportunidades, eles se relacionam juntos. Os amigos não se sentem presos, eles buscam liberdade juntos. E querem estar juntos porque se reconhecem ali, apenas. Se não se reconhecerem, partem para outra amizade. O amor quer pertencer sem ser pertencido. A amizade, sem amor, sabe que o pertencimento não existe. O amor quando falha causa mágoa profunda. A amizade quando falha pode ser…