• Contos

    Quase trinta

    Agora que chegava aos trinta pensou que nunca esteve pior, pelo menos no que diz respeito ao físico. Tinha parado de praticar academia há seis meses e restavam apenas as caminhadas às seis horas da manhã, três vezes na semana, sozinha, enquanto todos da casa dormiam. A disposição gerava alguma admiração entre os familiares mas não lhe rendia frutos. Não conseguiu reduzir nem um centímetro sequer do corpo e, apesar da insatisfação, continuava com a rotina porque pior sem ela. Um triste dia, cansada de imaginar que em algum momento da juventude tivera um corpo magro e que nunca mais voltaria a ele, resolveu fazer algo a respeito e se…