Crônicas,  Marketing digital

Radiohead e Netflix fugiram do óbvio e buscaram os nichos.

Há muitos aplicativos de redes sociais por aí, mesmo que a gente ouça falar apenas de Facebook, Instagram, Youtube e Snapchat. O Twitter ainda existe? Sim, nesse ano ele completou dez anos e adicionou novas funções ao seu escopo. O Tumblr, a digievolução do fotolog, como está? Bom, agora o blog permite integrar vídeos do Youtube, YouNow, Kanvas e Upclose. E o Pinterest, aquele grande painel de coisas que você nunca terá, como ficou? Olha, o número de usuários neste ano no Brasil dobrou em relação ao ano passado. Foram 33 milhões de fotos publicadas por usuários brasileiros até janeiro, e o número só cresce.

Pois onde estão essas pessoas que usam todos esses aplicativos? Elas estão por aí em seus nichos, envolvidas na diversidade e nas possibilidades da internet, onde há espaço para todos, basta chegar.

Algumas marcas já entenderam o grande potencial de desenvolver ações voltadas para aplicativos que não atingem o grande público, mas que direcionam a mensagem para um público específico, muitas vezes mais qualificado. Aqui no Brasil o Vine pode ter “morrido” ou diminuído desgraçavelmente em número de usuários, mas nos Estados Unidos um astro da rede vai ganhar série própria na Netflix.

NEW YORK, NY - NOVEMBER 02: Cameron Dallas attends AOL Build to discuss his film 'The Outfield' at AOL Studios on November 2, 2015 in New York City. (Photo by Daniel Zuchnik/FilmMagic)
Cameron Dallas

Cameron Dallas começou a ter notoriedade no Vine em 2013, quando começou a publicar vídeos dele pregando peças em amigos e familiares, e desde então fez participações em filmes e séries de TV americana. A sua série na Netflix vai mostrar como é a sua vida e explorar o contraste entre sua personalidade online e offline. Uma espécie de reality show como o da família Kardashian. Alguém duvida que vai fazer sucesso entre o público jovem?

Outro exemplo de uso inteligente das redes sociais de nicho é a banda Radiohead que, se antes não queria que suas músicas tocassem no Spotify, hoje encoraja que seus fã filmes seus shows usando o aplicativo Periscope, a plataforma de vídeos ao vivo do Twitter. Para a ação, a banda está disponibilizando Wi-Fi grátis nos shows e os fãs só precisam mandar uma mensagem para @doorisnowclosed, no Twitter, para conseguir a senha ou pegá-la no W.A.S.T.E. Central, o website do grupo.

A ação da banda é oposta ao posicionamento de outras, que pedem justamente o contrário: que os fãs evitem filmar e aproveitem o show. Ao que parece, a banda resolveu parar de evitar a internet e se juntar a ela. Como resultado, o número de transmissões ao vivo pipocaram no Periscope e repercutiram mundo afora.

Ainda há dúvidas de que a heterogeneidade da internet está aí para agregar? E você? Ainda quer continuar no óbvio?

One Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *