Política,  Redes sociais

Histórias publicadas nas redes sociais têm efeito sobre opinião política dos usuários, diz pesquisa

Mark Zuckerberg, CEO do Facebook, não acredita que as notícias espalhadas na sua rede social influenciaram a eleição americana. Mas uma pesquisa realizada pela Pew Research Center sugere justamente o contrário.

Cerca de 20% dos usuários de redes sociais afirmaram que a mudaram de opinião sobre candidatos por informações (verdadeiras ou não) que viram em redes como Facebook. A mudança foi de maioria negativa.

“As pessoas dizem que mudaram de ideia sobre os candidatos muitas vezes porque as mídias sociais apontavam opiniões em direções negativas”, afirmou a pesquisadora Monica Anderson.

Os que afirmaram que mudaram de opinião sobre Hillary Cliton para uma visão negativa representam três vezes mais do que os que mudaram para uma posição positiva (24% vs. 7%). Enquanto que os que mencionaram ter mudado para uma posição negativa sobre Trump representaram quase cinco vezes do que os que mudaram para uma posição positiva (19% vs. 4%).

Mesmo que seja impossível saber se essas mudanças de opiniões se refletiram no dia da eleição, a pesquisa reforça a ideia de que as pessoas são impactadas pelas informações que vêem na internet.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *