Marketing digital

Facebook diminui alcance de posts de notícias, mas aumenta alcance de vídeos

Semana passada o Facebook anunciou mais uma mudança no algorítimo que seleciona feeds de atualizações. Se antes eles encorajavam portais de notícias a publicarem seu conteúdo nas redes, com o intuito de fazer com que o usuário ficasse mais tempo no Facebook lendo informações, agora eles vão priorizar conteúdos relacionados aos amigos e família dos usuários, aqueles conteúdos que geram mais engajamento, curtidas e compartilhamentos.

Em publicação no blog do Facebook, o diretor de engenharia Lars Backstrom já adiantou que a mudança pode “causar um declínio no tráfego” do Facebook para sites e “esse impacto na distribuição de publicações e métricas pode variar de acordo com a composição da audiência”.

Em outras palavras, se sua página de Facebook normalmente costuma engajar os usuários com compartilhamentos, comentários e curtidas, seu negócio não terá problemas. Porém, se o Facebook analisar que aquilo que você publica não é interessante para os leitores, o golpe será forte. A única saída, para ter seu conteúdo entregue aos usuários, será tratar cada publicação como um encontro social com a audiência, buscando um retorno do usuário e provocando engajamento.

Vídeos engajam mais

Mas nem todas as notícias são negativas para quem produz conteúdo para redes sociais. É que uma pesquisa realizada pela SocialFlow, empresa de análises sociais americana, mostrou que apesar de uma queda de 42% no alcance do conteúdo produzido por páginas de notícias, os vídeos que representam apenas 0.9% desse conteúdo tiveram participação de 7,15% nesse alcance, 5,2% das curtidas e 11.1% dos compartilhamentos.

A pesquisa não inclui vídeos ao vivo no Facebook, que atualmente está ganhando grande atenção na plataforma após o Facebook pagar milhões de dólares para produtores de conteúdo como o The New York Times, Mashable, CNN e Vox. Mas já é possível identificar que esses produtores estão criando publicações em formato de vídeo do que para outros modelos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *