• Crônicas,  Política

    No olho do furacão

    Há alguns dias vivo com a eterna sensação de que recebi uma notícia ruim, causada principalmente pelo constante uso das redes sociais. Como vivo e trabalho com um celular na mão, o acompanhamento em tempo real da cobertura e memes das Eleições está minando a minha esperança no país e me deixando ansiosa e estressada. Ao mesmo tempo que eu não aguento mais ouvir falar nas atualizações das pesquisas, outros temas que acompanho no Twitter e Instagram não me parecem tão importantes, paro e penso “que bobagem”. Mas essa falta de respiro da possível decepção de daquele-que-não-deve-ser-nomeado vencer está me fazendo mal. O país está dividido em três, talvez quatro,…

  • Contos

    Paciência

    Num hospital de atendimento de emergência ortopédica, ainda cedo pela manhã, havia alguns senhores e senhoras de idade, um menino com o braço quebrado e uma moça acompanhada do seu pai. A espera por atendimento na recepção era de mais ou menos uma hora. As pessoas chegavam, entregavam a carteira do plano de saúde e a identidade, sentavam-se para aguardar serem chamadas e preencher uma ficha, para então aguardar pelo atendimento. A moça, Marina, estava ali com dor na coluna lombar que aparentemente surgiu do nada, mas já era velha conhecida. Ele teve um episódio de crise aos vinte e poucos anos que agora, aos quase trinta, parecia que ia…

  • Contos

    A única certeza

    Há momentos da vida em que é preciso ter a sensação que você está prosperando, indo de encontro a tudo o que lhe prometeram e lhe é cabido. Mas quando você rema, rema e não sai do lugar, como lidar? Foi assim que Fabrício estava se sentindo depois de ter recebido um telefonema que o deixou sem chão por alguns segundos. Aquele estava sendo um dia exaustivo, ele passou a manhã numa reunião improdutiva que só lhe rendeu um pensamento “quanto dinheiro parado”. Foi ideia dele chamar o cliente para conversar porque não era possível que o pagador estava “teimando em fazer errado”. Queria explicar a melhor forma de resolver…

  • Crônicas,  Cultura

    Salvem as comédias românticas!

    Comédia romântica é o meu gênero de filme preferido. Sim, eu não tenho vergonha de assumir isso em voz alta numa roda com os amigos. E na falta de novas comédias românticas para assistir eu fico reassistindo as antigas que guardo num espaço carinhoso na minha memória. Já perdi as contas de quantas vezes vi De repente é amor, E se fosse verdade, Como se fosse a primeira vez, Orgulho e Preconceito — essa última eu revejo sempre que preciso de apoio emocional, ou seja, praticamente a cada TPM. O problema é que parece o gênero caiu em desuso. Não sei se por conta da má qualidade das comédias românticas…

  • Inspire pessoas

    Bom para o fim de semana

    Bom dia, sexta-feira tão aguardada depois de uma semana caidinha (se você é dosoróscopo, talvez você entenda o que eu estou falando…)! Pelo menos, a gente movimenta as coisas com séries, textos e alguma música. Separei alguns links bacanas para inspirar o fim de semana e fazer carinho na mente. Tem futebol, consumo consciente, meditação, comédia e Dave Matthews Band (💜).