10 dicas para o seu post bombar nas buscas

Utilizar diretrizes SEO (Search Engine-Optimization) é essencial para fazer o conteúdo do seu blog ter destaque nas ferramentas de pesquisa de forma orgânica (não paga). Além de produzir um conteúdo de qualidade, é preciso prestar atenção em alguns pontos, para facilitar a indexação do seu site e melhorar o posicionamento dele no ranking da internet.

Segue aqui 10 dicas que vão te ajudar a bombar com os posts.

1) Faça uma pesquisa de palavras-chave

Às vezes, o produtor de conteúdo não faz uma pesquisa de palavras-chave relacionadas ao post que está produzindo, mas esse passo inicial é muito importante. As ferramentas de pesquisa realizam a busca na internet por palavras-chave, por isso é importante saber quais as que mais chamam a atenção dos leitores e trazem mais cliques.

O Google possui um planejador de palavras-chave, dentro do Google Adwords, que é uma ótima ferramenta para novos insights. Com ela você pode pesquisar ideias relacionadas a uma palavra-chave, ao seu site ou a uma categoria. E de quebra você ainda tem acesso a estatísticas específicas a correspondência exata do termo. Mas é necessário ser cliente Google para ter acesso.

2) Crie um título com as palavras-chave principais

As ferramentas de pesquisa usam o título de uma página como um dos itens principais na hora de mostrar o que é mais importante ou não sobre um determinado tema. Por isso, é fundamental ter as palavras-chave expostas logo no nome do post para obter um melhor posicionamento no ranking da busca.

3) Crie uma URL significativa e pouco extensa

Personalize a sua URL, não deixe que os links permanentes do seu site apareçam com números aleatórios ou sem significado relacionado ao seu post. Os links também são lidos pelas ferramentas de busca, mas quanto menor, melhor! Inclua sempre as palavras-chave do seu post separadas por hífens.

4) Inclua links internos nos posts

Uma forma de diminuir a taxa de rejeição do seu site é incluir links internos no decorrer dos posts, inclusive no primeiro parágrafo, quando a atenção do leitor ainda é grande. Assim, em vez da navegação ficar na inércia da leitura (sem ações registradas no site), o usuário pode realizar cliques e abrir outras abas.

Para o leitor não acabar fugindo da página em que está procure configurar a abertura dessa página para uma nova aba. Mas escolha links relacionados à temática do post, deixando assim o seu conteúdo mais relevante e cheio de desdobramentos.

5) Use o comando strong

Mais para ajudar a leitura do próprio usuário do que para ser ranqueado com facilidade pelas ferramentas de pesquisa, essa dica faz com que o leitor tenha uma visão geral do seu texto só de passar o olhar rapidamente pela página.

6) Utilize Heading Tags otimizadas

No código de uma página ou post, é possível utilizar cabeçalhos que priorizam a importância das partes de uma página. Eles variam do 1 ao 6, sendo o 1 o conteúdo mais importante.

Recomenda-se o uso de um únido <h1> por página e, se necessário, múltiplos <h2> e <h3>.

Neste post, por exemplo, eu inseri <h3> em todos as dicas pata destacar e informar ao Google a ordem de relevância dentro do post.

7) Atributo ALT nas imagens

As ferramentas de busca lêem apenas códigos escritos, e não imagens. Ao adicionar o atributo ALT no código das imagens você está dizendo sobre o quê aquela imagem está relacionada, por isso abuse de palavras-chave.

O atributo funciona da mesma forma que o link, basta usar hífens para separar uma palavra da outra.

8) Call to action em seu post

Se o seu blog tem um objetivo de conversão dentro de suas estratpegias de Marketing Digital é fundamental que você dê espaço para o usuário se movimentar dentro do post, adicionando um vídeo, um botão ou uma imagem que leve o usuário a realizar uma ação.

Ofereça inscrição em newsletters, peça comentários, adicione um vídeo para ser compartilhado ou apenas assistido, isso vai aumentar a interatividade entre o seu conteúdo e o usuário.

9) Uma palavra-chave sinônimo pode fazer diferença

Use sinônimos das palavras-chave escolhidas para representar seu post, as ferramentas de pesquisa também entendem esse signnificado. Além de melhorar a experiência do usuário com o texto, o Google pode tomar uma mesma palavra repetida várias vezes como “Keyword Stuffing” (algo como um aproveitamento do produtor de conteúdo para chamar atenção da ferramenta de pesquisa) e punir o site.

10) Não insira o post completo na página incial

Quando o usuário tem a escolha de ler aquele conteúdo exposto o produtor de conteúdo consegue destinguir qual tema tem mais relevância para os usuários. Mas, além disso, essa também é uma boa forma de gerar cliques dentro do site e diminuir a taxa de rejeição.


Mas de nada adianta seguir a risca todas essas dicas se o conteúdo produzido não for relevante. É ele que vai determinar se o seu site ou blog vale novos cliques.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *